Afinal, como ser um empreendedor? Aprenda um passo a passo - Blog da MRH - Carreira, formação e ensino tecnológico no padrão MRH
Carreira

Afinal, como ser um empreendedor? Aprenda um passo a passo

Cada vez mais, os brasileiros estão encontrando na abertura do próprio negócio a oportunidade de conquistar realização pessoal, sucesso financeiro, liberdade e autonomia. Quem pensa que essa é uma alternativa só para quem tem grandes reservas financeiras ou experiência no mercado está enganado: muitos jovens têm procurado desenvolver suas habilidades e aprender como ser um empreendedor de sucesso.

Se você também quer abrir sua própria empresa e passar do time dos funcionários para o dos empreendedores, não perca o post de hoje! Vamos falar sobre a percepção dos brasileiros a respeito dessa carreira e o passo a passo para se tornar um empreendedor. Acompanhe!

A perspectiva do empreendedorismo no Brasil

Se você achou que estava sozinho no time de quem quer iniciar um negócio, enganou-se. Esse é o desejo de nada menos que 66% dos brasileiros! O crescimento desse número é espantoso, já que em 2015 apenas 28% da população tinha o mesmo objetivo.

Se considerarmos apenas a população jovem, esse percentual continua alto: 6 em cada 10 brasileiros entre 16 e 27 anos querem ter uma fonte de renda sem depender de patrões — e pretendem fazer isso nos próximos 10 anos. 

Como fazer isso? Planejando-se! Para ajudar você nesta tarefa, trouxemos 7 dicas para você começar a apostar na sua carreira no empreendedorismo. Confira! 

7 passos para ser um empreendedor de sucesso

1. Descubra sua paixão

O que você gosta de fazer — e sabe fazer bem? Esse é o caminho para começar a empreender e se dar bem no mundo dos negócios. Cuidar da própria empresa vai exigir muito mais trabalho do que você imagina, até mais do que um emprego convencional.

Já que você pretende fazer do empreendedorismo sua carreira, é bom que você consiga empregar todo esse esforço por algo que seja realmente apaixonado. Dessa forma, seu trabalho será um prazer, evitando que o desgaste se torne insuportável.

Além disso, escolha uma área em que tem habilidade. Só assim vai ser possível oferecer um produto ou serviço melhor que o dos seus concorrentes, aumentando suas chances de se destacar no mercado.

2. Valide sua ideia

Uma empresa só consegue alcançar o sucesso quando conquista clientes. São eles que compram os produtos e geram lucro para o negócio. Portanto, procure investigar detalhadamente se o negócio planejado tem chances de agradar seu público-alvo.

Faça uma pesquisa para descobrir o interesse das pessoas e ajuste seu projeto até que ele se transforme em uma proposta viável. Não adianta o negócio ser exatamente do jeito que você quer se ninguém comprar a sua ideia. 

3. Adquira conhecimento

Pense na sua paixão como um alicerce para começar o negócio. Porém, ela não é suficiente. Para a construção ficar pronta, você vai precisar das paredes, não é mesmo? Nessa comparação, podemos dizer que elas são feitas de conhecimento.

Vamos a um exemplo prático: mesmo que você saiba como fazer a pizza mais gostosa da sua cidade e queira investir nesse negócio, seu dia a dia vai ter apresentar desafios que vão muito além da sua vocação gastronômica. 

A rotina de um gestor inclui uma série de responsabilidades como, por exemplo, negociar com fornecedores, lidar com despesas administrativas (aluguel, equipamentos, energia, água, telefone etc.) e contratar, treinar e administrar pessoas.

Além disso, você também vai precisar lidar com questões contábeis e legais, administrar finanças, gerenciar o marketing do negócio, investir no melhor atendimento ao cliente, entre outras atribuições.

Portanto, para alavancar um negócio, é fundamental dominar conhecimentos de diversas áreas. Aproveite para voltar a estudar e fazer cursos relacionados à área. Esse é um requisito indispensável para quem quer sobreviver em um mercado competitivo.

4. Desenvolva um plano de negócios

Ainda assim, até aqui o seu negócio ainda está bastante abstrato, ou seja, existe só no seu pensamento. O primeiro passo para concretizá-lo é colocar essas ideias no papel e traçar um plano de negócios.

Esse documento precisa ser bastante completo. Deve conter a missão e a visão da sua futura empresa, o produto que ela vai oferecer, seu público-alvo e os diferenciais competitivos que a destacarão perante a concorrência.

Estude também seus concorrentes. Descubra o que eles já oferecem aos consumidores, o que é positivo ou negativo em sua atuação e as estratégias para superá-los. 

Faça ainda uma lista de tudo que vai precisar para abrir o negócio: aluguel do espaço, compra de equipamentos, suprimentos para produção ou formação do estoque (em caso de revenda), custos com pessoal e despesas administrativas e iniciativas de divulgação.

Depois de listar todos os itens, faça um orçamento. Inclua nele essas despesas para iniciar o negócio e também os custos de mantê-lo por algum tempo, até que ele gere retorno. Você deve determinar quanto dinheiro é necessário para realizar seu sonho. 

5. Faça uma reserva de capital

Agora que você sabe de quanto vai precisar, é hora de juntar dinheiro. É possível começar a reservar uma parte do seu salário atual, conseguir esse capital por meio de investidores ou de uma sociedade. Outra opção é recorrer a um financiamento.

Entretanto, lembre-se: antes de assumir esse compromisso, cuide de todas as etapas prévias para conseguir cumpri-las. Não se esqueça de colocar nessa conta seu capital de giro. Essa reserva financeira é necessária para pagar as despesas do negócio até que ele gere faturamento e se sustente.

6. Seja persistente

Segundo dados do IBGE, de cada 10 empresas, 6 fecham nos primeiros 5 anos. Conhecer os riscos de se tornar um empreendedor é importante como futuro gestor, mas isso não deve fazer você desistir antes ou durante ir em busca do seu sonho. 

Por outro lado, ao começar o negócio, você deve ser realista. Pesquise quanto tempo, em média, as empresas do mesmo ramo demoram para gerar retorno financeiro e se manter sozinhas. Prepare-se com capital antes da abertura e persista.

Porém, não fique esperando passivamente que tudo dê certo. Procure aperfeiçoar seu produto e melhorar seu atendimento, invista em estratégias de divulgação, estude seus concorrentes e procure superar sua própria qualidade. 

Ofereça o que o público pode encontrar de melhor em seu mercado de atuação, criando um diferencial competitivo que faça sua marca ser lembrada por ele.

7. Invista na sua equipe

Os mesmos dados do IBGE que citam o fechamento das empresas não indicam os motivos para isso, mas demonstram que sua sobrevivência depende diretamente das suas dimensões — mais precisamente, da quantidade de funcionários.

No dia a dia das operações, a qualidade do seu negócio será totalmente influenciada pela competência e motivação das pessoas que trabalham pelo seu desenvolvimento. Por isso, faça da gestão de pessoas e capacitação da sua equipe uma prioridade.

Realize treinamentos e incentive seus funcionários para que eles estejam comprometidos com a excelência. Desta forma, eles conquistarão seus clientes.

Finalmente, o aspecto decisivo para criar uma história de êxito é o preparo. Adquirir conhecimento, estudar o mercado, planejar o negócio, criar uma reserva financeira e desenvolver suas habilidades é essencial para se tornar um empreendedor bem sucedido e realizado.

Agora você já sabe como ser um empreendedor de sucesso. Quer começar a desenvolver seu conhecimento sobre o assunto? Descubra agora a importância de estudar uma disciplina de empreendedorismo

Você pode gostar
O que é o curso de Processos Gerenciais e qual é o perfil do aluno?
Por que e onde estudar Recursos Humanos em Fortaleza?

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This