Como se concentrar nos estudos? Descubra aqui! - Blog da MRH - Carreira, formação e ensino tecnológico no padrão MRH
Carreira

Como se concentrar nos estudos? Descubra aqui!

Um dos aspectos mais difíceis do aprendizado é a concentração. Vivemos em um mundo repleto de estímulos e informações. Por conta disso, manter-se meia hora dedicado a uma mesma atividade sem interrupções pode se tornar um verdadeiro desafio.

Você pode se achar incapaz de se concentrar, mas será que está tentando da maneira correta?

Existem alguns procedimentos básicos ignorados por muitas pessoas que podem fazer toda a diferença em seu rendimento. Pensando nisso, vamos aproveitar dar algumas dicas vitais de como se concentrar nos estudos.

Observe com atenção se você tem cumprido todas elas antes de ter certeza que você não consegue se concentrar muito bem. Vamos lá?

Procure transcrever seus raciocínios

Além do simples ato de ler ou de escutar uma explicação, a ação de transcrever os pensamentos tem efeitos positivos para o aprendizado.

Sabe-se que colocar no papel ou até mesmo digitar pontos-chave, referências, fórmulas ou expressões importantes é uma maneira de fixá-los melhor em sua memória.

Para esquemas de estudo ou resumos, dê preferência ao ato de escrever com papel e caneta em detrimento ao computador, é uma forma mais efetiva de armazenar o conhecimento consigo.

Escrever engaja mais o indivíduo na ação de estudar e o implica mais com o conteúdo, trazendo um foco maior para o momento do aprendizado.

Desligue celulares e outros aparelhos

Desnecessário dizer que um dos maiores obstáculos no rendimento dos estudantes hoje são as distrações tecnológicas. Procure manter-se distante daquilo que não tem relevância para o seu interesse de aprendizado.

Pode ser uma boa ideia manter o telefone no modo avião, por exemplo, ou até mesmo desligado.

É tão comum hoje a dependência dos aparelhos celulares que você pode aproveitar o momento do estudo como uma forma de ficar afastado por um período de redes sociais e similares.

Não estamos dizendo aqui que você deve abrir mão dessas ferramentas, mesmo porque elas podem ter relevância para sua vida profissional e até mesmo para o aprendizado. O que estamos colocando em questão é o uso nocivo desses gadgets, que impede muitas pessoas de se manterem focadas em tarefas de média ou longa duração.

Caso goste de usar tablets e similares para ler e aprender, uma dica é adquirir aparelhos que sirvam exclusivamente para o fim de leitura. Existem vários modelos de leitores digitais disponíveis hoje no mercado, com preços acessíveis inclusive para os aparelhos mais simples.

Por não terem muitas outras funções, o que aparentemente era uma limitação acaba servindo como benefício para que o usuário se concentre na tarefa da leitura. Além disso, possuem outras vantagens como baterias de longa duração e iluminação adaptada para ler sem cansar os olhos.

Organize um ambiente confortável e tranquilo

O primeiro passo prático para melhorar sua concentração é pensar bem e organizar seu espaço de estudo em vários aspectos.

Nesse ponto, não se trata apenas de buscar um lugar silencioso e longe de interrupções. Preocupe-se em estar onde você se sinta minimamente bem para permanecer um longo tempo.

Sabe-se que um ambiente “limpo” ao olhar cansa menos, por exemplo. Pode parecer irrelevante, mas todos esses detalhes contam para manter a concentração no fim das contas.  

Nesse quesito, podemos colocar também a importância de se alimentar bem e outros cuidados com o corpo para conseguir se concentrar. Se você não está em dia com o seu sono ou está com problemas emocionais graves, dificilmente conseguirá se concentrar.

Só tenha cuidado para não gastar mais tempo organizando seu espaço do que estudando efetivamente.

Se não tem um bom espaço em casa para isso, lembre-se que existem muitos locais públicos, como bibliotecas, disponíveis para esse fim. Sair de casa pode ser uma forma eficaz de garantir o rendimento do seu período de estudo. Estudar em casa oferece muito mais distrações, tornando a tarefa de se manter concentrado muito mais difícil.

Use a música somente a seu favor

Algumas pessoas precisam de absoluto silêncio para conseguir se concentrar. Outras se beneficiam de elementos como a música para estudar melhor.

De maneira geral, compreende-se que músicas instrumentais ou similares ajudam por não distrair o estudante com estímulos simultâneos. Uma sugestão nesse sentido é procurar no YouTube por playlists para estudar, lá existem muitas opções de canais e vídeos.

De qualquer forma, cada pessoa tem o seu próprio ritmo e funciona melhor com determinados estímulos. Tem gente que gosta de estudar com o barulho de uma TV ligada, por exemplo, algo que seria completamente inviável para tantos outros. A questão é adequar o momento ao que lhe faz funcionar melhor.

Aprenda a observar quais fatores aumentam ou diminuem sua concentração e passe a usá-los a seu favor.

Combine momentos de estudo individual e coletivo

Se possível, procure por grupos de estudos ou reuniões, mas não deixe de separar um tempo para momentos só entre você e os livros.

Apesar de contribuir para o crescimento coletivo, algumas vezes as reuniões de amigos acabam por não render tanto quanto o esperado. Mesmo que você use mão desse recurso, sabe-se que nada substitui o estudo e o aprendizado individual como forma de absorver conteúdo.

Saiba, portanto, mesclar essas duas formas de aprender e tire proveito de ambas. Esse pode também ser um modo de variar a atividade e, possivelmente, torná-la mais interessante para você. De uma forma ou de outra, inserir novidades em sua rotina de estudo é um meio de manter sua concentração e rendimento.

Compreenda o seu modo de aprender

Cada pessoa tem uma forma específica de absorver conhecimento. Algumas se beneficiam mais da escrita, outras da escuta de áudios, da leitura e até mesmo combinações dessas formas.

Todo indivíduo tem uma maneira muito particular de processar as informações e de se manter focado em uma tarefa. Aquilo que funciona perfeitamente para um colega pode não ter o mesmo efeito para você e vice-versa.

Um pouco de pesquisa sobre o assunto pode ajudar muito. Existem esquemas simples de serem adotados e que podem se encaixar bem com seu perfil. Alguns métodos de estudo propõem, por exemplo, que você faça intervalos regulares entre momentos de concentração contínua.

Outros propõem que você faça resumos do que foi aprendido e depois os catalogue. Basta encontrar aquilo que mais combina com sua forma de aprender.

A concentração é um tema complexo, pois funciona de maneira diferente de pessoa para pessoa. Por outro lado, muitos dos que reclamam de não conseguir se concentrar sequer tem os cuidados básicos para alcançar esse fim.

Por mais inconveniente que seja ter de se dedicar a determinados conteúdos, você pode facilitar sua vida usando essas idéias de como se concentrar nos estudos.

Gostou destas dicas? Compartilhe o post em suas redes sociais e leve-as para outras pessoas!

Você pode gostar
Saiba como funcionam os cursos de curta duração
Você sabe o que faz um profissional de RH?

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This