Como se tornar um líder de equipe em seu trabalho? Descubra aqui! - Blog da MRH - Carreira, formação e ensino tecnológico no padrão MRH
Carreira

Como se tornar um líder de equipe em seu trabalho? Descubra aqui!

Cargos de liderança são o objetivo de muitos profissionais no mercado de trabalho. Liderar uma equipe é sinônimo de sucesso na carreira, além de proporcionar melhores salários, reconhecimento, realização pessoal etc. Diante de tantas vantagens, essa posição é muito concorrida, o que traz muitos desafios para quem deseja chegar lá.

Para enfrentar a concorrência, é necessário estar atento às exigências do mercado. Além disso, alguns aspectos comportamentais também podem influenciar bastante no seu crescimento profissional. Neste artigo, vamos dar algumas dicas para quem busca ser líder de equipe no trabalho. Acompanhe!

Seja pró-ativo

Na vida, existem dois tipos de pessoas: as reativas e as proativas. O primeiro grupo tem como característica principal esperar as coisas acontecerem para tomar uma decisão. Quando falamos do mundo corporativo, são aqueles profissionais que sempre esperam o chefe pedir algo para realizar uma tarefa.

Já os proativos são aqueles que têm o domínio da situação e fazem algo acontecer, em vez de esperar a permissão de outra pessoa para agir. Por esse motivo, é fundamental que quem busca um cargo de liderança seja proativo. Afinal, como ser um bom líder de equipe no trabalho sem assumir responsabilidades, não é mesmo?

Um gestor precisa estar preparado para tomar decisões e passar segurança para a equipe. Além disso, muitas vezes, o ambiente de trabalho é marcado pela pressão ou momentos de crise, o que exige uma atitude rápida e firme da liderança.

E como ser proativo? Caso você veja que um processo pode ser melhorado, avise ao seu chefe que tem interesse em tentar fazer o trabalho de outra forma. Outra dica é ajudar os colegas ou buscar entender como funciona um outro departamento da empresa sempre que tiver um tempo livre. Esse comportamento gera confiança e credibilidade na relação com os gestores.

Tenha uma postura correta e neutra

Quando falamos da postura de um líder, trata-se dos dois sentidos da palavra. O primeiro é em relação à parte física. Provavelmente, você conhece uma pessoa que transmite confiança só pela aparência. Geralmente, quem exerce um cargo de liderança tem a postura ereta e, ao mesmo tempo, relaxada. A forma como a pessoa fala, gesticula e se posiciona diante das pessoas pode passar várias impressões para os ouvintes, e um líder precisa transmitir a sensação de segurança para a equipe.

É impossível falar da aparência sem lembrar da importância do vestuário. Mesmo que pareça um assunto fútil, as roupas que usamos dizem muito sobre a nossa personalidade. Cada empresa tem as suas regras, mas uma dica é manter um visual neutro. Cores, cortes e estampas muito chamativas podem desviar o foco do que você tem a falar. Resumindo: o seu trabalho precisa chamar mais a atenção do que a sua roupa.

Em relação à postura, o seu comportamento também pode influenciar na conquista de uma promoção. Existem algumas práticas que são essenciais em um ambiente corporativo, por exemplo:

  • pontualidade;

  • bom relacionamento com os colegas;

  • profissionalismo;

  • conduta ética;

  • cumprimento de prazos.

Aprenda a ser ouvido sem precisar se exaltar ou levantar o tom de voz

É comum que pessoas tenham opiniões diferentes sobre determinadas situações, principalmente no local de trabalho. O ambiente profissional é marcado, muitas vezes, por situações de estresse, pressão e crises. Mesmo que exista algum incômodo, é fundamental não se exaltar ou levantar a voz em uma conversa.

Pessoas que agem dessa forma demonstram descontrole emocional e insegurança. Um líder de equipe precisa apresentar um comportamento totalmente oposto. Por isso, procure falar sempre com o tom de voz adequado e se controlar em situações de tensão. Saber lidar com as pessoas é um dos principais requisitos para exercer uma boa liderança.

Invista em capacitação pessoal e profissional

Sem dúvida, os estudos são essenciais para a valorização de um profissional no mercado. De acordo com o Censo de Educação Superior, o número de alunos matriculados em universidades aumentou nos últimos anos. Essa realidade fez com que os profissionais que desejam se destacar no mercado invistam em uma graduação.

Além do diploma de um curso de bacharelado, licenciatura ou tecnólogo, os profissionais precisam investir em uma especialização. Uma pós-graduação, MBA ou cursos relacionados ao segmento de atuação são muito bem-vindos. Um colaborador bem capacitado consegue ter um olhar diferenciado, um desempenho melhor e, consequentemente, a atenção dos gestores.

Não podemos esquecer também da capacitação pessoal. Uns dizem que o talento para a liderança vem de nascença, mas é possível desenvolver algumas habilidades durante a carreira para conseguir sucesso no cargo. Ser criativo, ter uma visão inovadora, saber dialogar com as pessoas e ter inteligência emocional são alguns exemplos de características de um bom líder.

As experiências no dia a dia, o convívio com os colegas, a proatividade e o próprio tempo podem ajudar a obter essa maturidade profissional. Existem também cursos voltados ao desenvolvimento de liderança e autoconhecimento. Eles podem oferecer uma visão mais profunda sobre o que é ser o líder de uma equipe, além de estimular possíveis mudanças para alcançar esse objetivo no trabalho.

Seja compromissado com os objetivos da empresa

Ser um profissional comprometido vai muito além de cumprir horários, não faltar e entregar suas tarefas. O comprometimento com a empresa significa uma postura ativa em busca de melhorias e conquista de resultados. Essa característica está diretamente ligada com a proatividade e a responsabilidade. Existem situações no dia a dia que mostram quais são os colaboradores mais e menos comprometidos.

Por exemplo: a empresa teve um imprevisto e é necessário que os colaboradores fiquem até depois do expediente para entregar uma atividade. Aqueles que não estão envolvidos com os interesses da empresa podem não ficar, alegando um compromisso ou dando outra desculpa.

Já os colaboradores comprometidos entendem a importância de ficar até mais tarde para alcançar as metas da empresa. Esse comportamento é valorizado pelos gestores, que percebem que podem confiar no profissional em outros momentos importantes.

Investir no seu crescimento dentro de uma empresa é um processo que exige foco, estudos e o desenvolvimento de diversas habilidades. Fique sempre atento às exigências do mercado para se destacar e conquistar seu objetivo. Neste artigo, explicamos como se tornar um líder de equipe no trabalho.

Gostou do conteúdo? Assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades no blog!

Você pode gostar
6 profissões que estão em alta no momento
7 técnicas de memorização para ajudar você nos estudos

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This