Graduação tecnológica é confiável? Entenda se vale a pena!
Carreira Ensino tecnológico

Graduação tecnológica é confiável? Entenda se vale a pena!

Cursar o ensino superior é o sonho de muita gente, e são muitas as possibilidades para quem está em busca dessa realização. No entanto, escolher dentre as várias opções de cursos e carreiras não é tarefa fácil, é preciso conhecer bem cada uma das alternativas que se tem, e, ainda, decidir se o curso será presencial ou a distância, licenciatura, bacharelado ou graduação tecnológica.

E se você está pensando em optar pela modalidade tecnológica saiba que, dependendo dos seus objetivos, essa pode ser, sim, a melhor alternativa. Inclusive, a procura por essa modalidade vem crescendo muito. Quer saber mais? Então veja o texto que preparamos e conheça mais sobre o assunto.

Afinal, o que é graduação tecnológica?

Essa é uma modalidade de ensino superior que tem como objetivo fazer com que o estudante se aprofunde em determinada área do conhecimento — diferente do que acontece com os cursos tradicionais, que dão aos alunos uma formação mais ampla.

O objetivo do curso superior de tecnologia é conferir ao futuro profissional bastante conhecimento e domínio do seu campo de atuação. Sendo assim, o tecnólogo, ao se formar, terá tido um contato intenso com o aspecto prático da profissão.

Ao contrário do que muitos pensam, os cursos de tecnologia não são cursos técnicos. O aluno que conclui essa graduação recebe diploma de nível superior, que tem validade e reconhecimento como qualquer outro curso desse nível.

Quais as vantagens do curso?

Dentre os principais benefícios podemos citar sua curta duração (em média, entre 2 e 3 anos), sendo ideal para quem busca se graduar e rapidamente se inserir no mercado de trabalho, ou, ainda, para quem já atua em determinada área e deseja se aprimorar, ganhar mais conhecimento ou conseguir progressão na carreira.

Além do curto tempo de duração, o custo mais baixo também é uma das vantagens que essa graduação pode oferecer, pois ela costuma ser mais acessível financeiramente do que as licenciaturas ou bacharelados.

Esse tipo de graduação é reconhecida?

Se a sua dúvida é sobre o reconhecimento perante o MEC (Ministério da Educação), pode ficar tranquilo! Apesar de ter menor duração, um curso tecnológico tem a possibilidade de receber o aval do MEC, conforme a Resolução CNE/CP n°3, de 18 de dezembro de 2002, sendo valorizado assim como os cursos de bacharelado, por exemplo.

Outra dúvida muito comum que as pessoas têm é sobre a validade do diploma, se com ele é possível prosseguir nos estudos, ou participar de seleções e recrutamentos exclusiva para graduados. A resposta é sim!

O certificado de conclusão dessa graduação permite o avanço nos estudos para quem pretende cursar pós-graduação, mestrado e doutorado, além de ser válido para os concursos públicos de nível superior, exceto para aqueles em que haja exigência de formação específica.

E como é o mercado de trabalho para os profissionais dessa área?

No mercado de trabalho esses cursos são muito bem-vistos, e há, inclusive, vagas de emprego que são satisfeitas especialmente pela graduação tecnológica.

Para áreas como gestão financeira e gestão de recursos humanos, por exemplo, a preferência é para tecnólogos, cuja formação é mais prática. Essa modalidade se diferencia de uma graduação em Administração ou Psicologia, que não proporciona conhecimentos específicos sobre esses pontos.

Justamente por ser mais focado em áreas específicas, o campo de atuação para profissionais tecnólogos pode se limitar um pouco. Em contrapartida, como o curso é voltado a aplicações práticas, a inserção do profissional no mercado de trabalho tende a ser muito mais rápida.

Como ingressar no curso tecnológico?

Para ingressar nessa graduação, assim como em outros cursos de nível superior, há a necessidade de conclusão do ensino médio e aprovação em processo seletivo.

Ao optar por um determinado curso, o indicado é que o estudante verifique se ele está entre os cursos reconhecidos pelo MEC. Também é importante pesquisar sobre a instituição, sua reputação e seus diferenciais, além de decidir entre fazê-lo a distância ou presencialmente.

Quais as possibilidades de cursos?

Com o intuito de aprimorar e fortalecer a graduação tecnológica, o MEC elaborou o Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia, o qual pode referenciar instituições, educadores e os próprios estudantes.

O catálogo apresenta especificações de 112 diferentes graduações que foram divididas em 13 eixos tecnológicos, sendo eles:

  • ambiente e saúde;
  • apoio escolar;
  • controle e processos industriais;
  • gestão e negócios;
  • hospitalidade e lazer;
  • informação e comunicação;
  • infraestrutura;
  • militar;
  • produção alimentícia;
  • produção cultural e design;
  • produção industrial;
  • recursos naturais;
  • segurança.

É bom lembrar que, como especificado no próprio catálogo, além dos cursos listados, outros podem ser criados, seguindo os mesmos critérios dos já existentes. Dessa forma, além das possibilidades atuais, muitas outras podem surgir com o passar do tempo.

Qual a importância de se cursar graduação tecnológica?

Todos sabemos que quem deseja uma boa colocação no mercado de trabalho precisa de boa qualificação. Dessa forma, os profissionais que possuem graduação têm maiores chances de conseguirem a vaga desejada.

A graduação tecnológica tem grande importância nesse aspecto pois, embora seja realizada em menor tempo, oferece a qualificação necessária para fazer com que o profissional se destaque, consiga um bom cargo e esteja mais preparado para ser promovido.

Assim sendo, não podemos negar que uma graduação tecnológica pode ser um grande diferencial para o profissional. Vejamos algumas das vantagens de optar por essa modalidade de ensino superior:

  • oportunidade de aprendizagem de uma profissão por um curso basicamente prático;
  • possibilidade de inserção mais rápida no mercado de trabalho;
  • perspectiva de obtenção de um bom emprego;
  • formação e obtenção de um diploma de nível superior em curto tempo;
  • graduação de qualidade com custo mais baixo que os cursos tradicionais;
  • conquista de diploma válido para progressão nos estudos;
  • realização de um curso que habilite a participação em concursos públicos que exijam o nível superior;
  • possibilidade de atuação em áreas específicas e em diversos segmentos.

Essas são algumas das vantagens que uma formação superior tecnológica pode proporcionar. Então, se essa parece ser uma boa alternativa para que você se qualifique, agora você deve procurar conhecer mais especificamente sobre o curso que deseja fazer e, assim, traçar suas metas para um futuro profissional promissor.

O que achou do nosso post? Gostou? Agora que você conheceu mais sobre a graduação tecnológica aproveite para assinar nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades sobre o ensino superior!

Você pode gostar
O que faz um profissional de processos gerenciais em uma grande empresa?
Você sabe o que é a leitura dinâmica?

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This