Qual área de formação devo escolher?
Formação

Qual área de formação devo escolher?

A escolha de um curso superior é um momento que traz muitas dúvidas e hesitações. Afinal, essa decisão influencia a vida do estudante não apenas pelos próximos anos como também traça uma direção para a sua carreira. Diante disso, é preciso bastante cautela ao escolher uma área de formação.

mercado de trabalho oferece oportunidades em vários setores, cada um com suas características, seus prós e contras. Para escolher uma área de formação, você deve levar em conta diversos fatores, como habilidades, condições financeiras, oportunidades no mercado, expectativas de ganhos, entre outros.

Pensando nisso, elaboramos um guia com informações sobre as principais áreas de atuação no país. Além disso, também trazemos dicas para facilitar sua escolha profissional e listamos as profissões mais promissoras. Continue lendo e descubra o campo de estudos que mais combina com você!

Quais são as principais áreas de formação?

Ciências exatas

Vamos começar falando sobre uma das áreas de conhecimento mais tradicionais. Desde a antiguidade, o homem usa as ciências exatas para resolver seus problemas e fazer descobertas que mudaram a história. A criação das pirâmides, dos primeiros edifícios e a viagem à Lua são apenas alguns exemplos do que o homem já conquistou por meio dessa área de conhecimento.

Uma ciência exata é um campo de estudo que lida com métodos, medições, cálculos e todo tipo de ação que leve a resultados precisos. Essa área de formação costuma estar ligada a profissões que envolvem contagem, números e raciocínio lógico. Matemática, química e física são estudos essenciais para quem escolhe se aventurar nessa área.

Áreas de atuação de exatas:

  • Astronomia;
  • Ciência da Computação;
  • Engenharia;
  • Estatística;
  • Física;
  • Geologia;
  • Matemática;
  • Oceanografia;
  • Química;
  • Sistemas de informação.

Perfil do profissional da área:

  • afinidade com matemática;
  • raciocínio lógico;
  • interesse por novidades tecnológicas;
  • capacidade de observação;
  • facilidade com pesquisa;
  • disposição para resolver problemas lógicos.

Ciências humanas

Enquanto na área de exatas se lida com resultados precisos, cálculos e medições, nas ciências humanas é comum se deparar com subjetividade e reflexão. Seja em casa, no trabalho, na rua ou na Internet, os seres humanos se relacionam em todos os lugares, não é mesmo? A análise dos fenômenos sociais é muito importante para entender a origem de certos comportamentos e os impactos deles na sociedade, e é justamente essa a função das ciências humanas.

Nesse campo de estudo, são observadas características sociais, culturais, históricas e políticas do homem e da sociedade. Não se costuma usar cálculos matemáticos, mas estatísticas e outros dados são necessários em diversas análises. Matérias como filosofia, sociologia e história costumam ser comuns na maioria dos cursos da área.

Áreas de atuação de humanas:

  • Antropologia;
  • Arqueologia;
  • Ciência Política;
  • Filosofia;
  • Geografia;
  • História;
  • Literatura;
  • Pedagogia;
  • Psicologia;
  • Sociologia;
  • Teologia.

Perfil do profissional da área:

  • costuma debater ideias;
  • tem facilidade com escrita e leitura;
  • gosta de refletir sobre questões sociais;
  • tem interesse por movimentos sociais e culturais.

Ciências sociais aplicadas

Depois de ler um pouco sobre as ciências humanas e exatas, você ainda se sente dividido? Se interessa pelo estudo das relações sociais, mas, ao mesmo tempo, tem um perfil mais prático e organizacional? Então, um curso na área de ciências sociais aplicadas pode ser o que você procura!

As duas opções que vimos até agora são áreas de formação básica, mas elas podem ser divididas em subcategorias — e, entre elas, está o tema deste tópico. Trata-se de um campo de conhecimento interdisciplinar, ou seja, que aborda assuntos de várias áreas de estudo, mas que tem como objetivo estudar os interesses e necessidades do homem e da sociedade.

É comum que existam dúvidas no momento de identificar um curso dessa área. Por exemplo: ciências contábeis é classificada como uma ciência social aplicada. Você deve estar pensando: “mas, se tem cálculos, então é uma profissão de exatas”. Porém, nesse caso, os números são utilizados no dia a dia das pessoas, ou seja, é um assunto de interesse social.

Áreas de atuação de ciências sociais aplicadas:

  • Administração;
  • Arquitetura e Urbanismo;
  • Ciência da Informação;
  • Ciências Contábeis;
  • Comércio Exterior;
  • Comunicação Social;
  • Desenho Industrial;
  • Direito;
  • Economia;
  • Museologia;
  • Serviço Social;
  • Turismo.

Perfil do profissional da área:

  • tem facilidade com escrita e leitura;
  • gosta de acompanhar o que está acontecendo na sociedade;
  • tem interesse em assuntos interdisciplinares, tanto de humanas (estudo do homem) quanto de exatas (cálculos e números).

Ciências biológicas e da saúde

Nas ciências biológicas, são estudados todos os seres vivos, desde criaturas microscópicas até o ser humano e o meio ambiente. Nesse campo de conhecimento, um dos principais objetivos é pesquisar a origem, evolução, estrutura e funcionamento dos organismos e sua relação com o meio ambiente. O estudo da genética também é um dos principais assuntos abordados nessa ciência.

Essa área é muito promissora, principalmente pela crescente preocupação com o meio ambiente. O profissional de ciências biológicas pode atuar nos mais diversos ambientes, desde laboratórios, empresas de tecnologia, zoológicos, escolas, universidades, entre outros.

As ciências da saúde — que se preocupam especificamente com o indivíduo — também estão conectadas a esse campo de estudos. No entanto, o foco do profissional dessa área é, especificamente, o cuidado e o bem-estar das pessoas. Pode trabalhar em hospitais, clínicas, laboratórios e outros locais.

Áreas de atuação de ciências biológicas e da saúde:

  • Biologia;
  • Ciências Biomédicas;
  • Ecologia;
  • Educação Física;
  • Enfermagem;
  • Farmácia;
  • Fisioterapia;
  • Gestão Ambiental;
  • Medicina;
  • Nutrição;
  • Odontologia;
  • Zootecnia.

Perfil do profissional da área:

  • gosta do contato com a natureza e os animais;
  • tem interesse por laboratórios e pesquisas;
  • facilidade com matérias de exatas (matemática, química, ciências).

Processos gerenciais

A área de processos gerenciais é relativamente nova no Brasil, o que traz uma certa vantagem competitiva ao profissional que escolhe essa formação. Diferentemente do que vimos até agora, não se trata de uma ciência, e sim de um curso de tecnólogo específico voltado ao gerenciamento de processos empresariais, tanto de empresas privadas quanto públicas.

O curso é ligado à administração de empresas, mas possui duração menor do que o bacharelado (entre 2 e 3 anos). O estudante vai ter contato com disciplinas tanto de humanas como de exatas, voltadas para a parte prática das estratégias de negócios. Após a formação, o profissional poderá atuar no planejamento, abertura e gerenciamento de negócios.

Áreas de atuação de processos gerenciais

profissional de processos gerenciais pode atuar nas áreas administrativa, contábil, financeira, recursos humanos, marketing e vendas.

Perfil do profissional da área:

  • interesse em empreendedorismo;
  • boa organização;
  • disposição para investigar problemas e propor soluções;
  • boa interpretação de dados;
  • comportamento multitarefa.

Como escolher uma área de formação?

Na hora de decidir por uma área de formação, não se guie apenas pelas matérias que tinha mais afinidade no colégio. Gostar de uma disciplina não significa que você queira trabalhar com isso. Então, pense na carreira que pretende seguir pelos próximos anos. Assim, você já começa a planejar sua trajetória profissional mesmo antes de entrar na faculdade.

Para tomar uma decisão certeira, reflita sobre suas habilidades e busque o máximo de informações sobre o mercado na área de interesse. Esteja aberto também a outras possibilidades que você não tinha contemplado antes. Listamos mais algumas dicas para lhe ajudar a escolher uma área profissional com mais facilidade. Aproveite!

Realize um teste vocacional

Apesar de não darem respostas exatas, testes vocacionais ajudam o indivíduo a perceber um caminho de acordo com suas aptidões e sua personalidade. Por isso, não espere sair de lá com um curso e uma carreira decididos, mas aproveite a oportunidade para se conhecer e entender as áreas que você tem mais sintonia.

Existe uma variada oferta de testes on-line, porém, uma avaliação completa é feita por profissionais especializados, como psicólogos, e demanda algumas sessões. Na aplicação do teste vocacional, a pessoa responde questões sobre sua vida, expectativas e interesses. Tudo com o propósito de perceber as áreas que mais combinam com você.

Faça uma análise das profissões

Muitas pessoas mudam de curso quando percebem que aquela área não era exatamente o que esperavam e, com isso, precisam gastar mais dinheiro e tempo para recomeçar a faculdade. Para evitar isso, procure a maior quantidade possível de informações sobre as profissões. A partir da área de formação escolhida, liste os cursos com que você mais se identifica.

Depois, pesquise sobre cada um. Analise as vantagens e as desvantagens de cada curso. Perceba como está o mercado. Tente descobrir como funciona o dia a dia daquela profissão. Recolha o máximo de dados que conseguir para evitar desapontamentos com a faculdade lá na frente. Assim, você terá mais base para escolher a área de formação que mais tem a ver com os seus planos.

Busque autoconhecimento

Ainda que você escute sugestões de amigos, familiares e outras pessoas próximas, a decisão sobre qual área de formação escolher é muito particular. Afinal, é sua vida e seu futuro profissional que estão em jogo. Portanto, o melhor lugar para buscar uma resposta é em si mesmo. Reflita sobre os seus gostos, competências e personalidade.

O que você gosta de fazer? Em que atividades você manda bem? Sobre o que costuma ler? Às vezes, um hobbie pode se tornar uma profissão. Aliás, trabalhar com o que apreciamos nos torna mais produtivos. Então, cultive o autoconhecimento. Se conhecer bem também ajuda a perceber o que você não quer fazer, facilitando assim sua escolha profissional.

Converse com alguns profissionais

experiência de quem já atua na área pode servir para que você enxergue a profissão de maneira mais realista. Assim, vale a pena escutar profissionais inseridos no mercado. Pergunte sobre a rotina e os desafios daquela ocupação. Aproveite para tirar suas dúvidas e entenda como funciona a prática do cargo.

Quais são as 7 profissões mais promissoras no mercado?

Um dos erros mais comuns ao escolher um curso é desconsiderar o mercado. Terminar a graduação e não conseguir um emprego pode ser muito frustrante, então, é bom pensar bem enquanto ainda há tempo. Para facilitar sua escolha, separamos as 7 profissões mais promissoras do momento. Confira!

1. Cientista de dados

Com a enorme quantidade de informação disponível na Internet, as empresas precisam cada vez mais de pessoas capacitadas para analisar esses dados e definir formas mais eficientes de realizar os processos. Por isso, a carreira de cientista de dados é uma das mais promissoras.

Por ser uma profissão que envolve muitos cálculos e conhecimentos de informática — incluindo excel avançado —, é indicada para quem se identifica, sobretudo, com a área de exatas. Não há uma graduação específica para ser cientista de dados, mas é comum pessoas com formação em Computação ou Estatística atuarem no setor.

2. Estatístico

Essa também é uma profissão que se preocupa com a análise de dados. Por meio de teorias matemáticas, o estatístico interpreta as informações disponíveis e observa tendências. Com isso, pode tornar as ações da empresa mais lógicas e eficientes. Geralmente, são profissionais de exatas — com graduação em Estatística ou Matemática — e encontram vagas em órgãos de pesquisa, bancos e agências de publicidade.

3. Gerontologia

No Brasil, a população idosa tem crescido a ponto de, segundo o IBGE, existir uma previsão de que ela triplique entre 2010 e 2050. Por isso, profissionais especializados no cuidado dos mais velhos vão ganhar destaque nos próximos anos. Além da Medicina, outros cursos também podem focar no envelhecimento, como Terapia Ocupacional, Fisioterapia, Nutrição, Psicologia, Serviço Social, Direito, entre outros.

4. Desenvolvedor de aplicativos

Os smartphones estão cada vez mais inseridos na nossa sociedade. Com isso, a área de criação de aplicativos tem se mostrado um campo promissor. Esses profissionais de Tecnologia da Informação e Ciência da Computação são responsáveis por desenvolver aplicativos e softwares para celulares, tablets e computadores.

5. Gestor de recursos humanos

Além de cuidar da contratação de funcionários, o profissional de RH tem o desafio de motivar as pessoas e manter os colaboradores talentosos na organização. Esse profissional com formação em Processos Gerenciais tem uma atuação estratégica e pode não só reduzir custos como melhorar a produtividade de uma empresa. Daí vem a importância da área para o mercado.

6. Analista de mídias digitais

Essa é uma profissão nova, que surgiu com a popularização das redes sociais. Para ter uma boa atuação na área, os profissionais de Comunicação Social, Marketing, Publicidade e similares realizam cursos específicos no setor. O analista de mídias digitais é fundamental na gestão da marca da empresa e na atração de clientes por meio do ambiente virtual.

7. Biotecnológo

Na área de ciências biológicas, um profissional promissor é o biotecnológo. Esse especialista manipula agentes biológicos com a finalidade de desenvolver produtos alimentícios, fabricar medicamentos ou ainda controlar pragas em plantações.

E aí, com qual área de formação você se identificou mais? Lembre-se de que vários fatores devem ser levados em conta antes da sua escolha; por isso, é importante realizar testes vocacionais, pesquisar sobre as profissões, conversar com pessoas que trabalham no setor e observar as oportunidades do mercado. Assim, você tem mais chance de escolher o curso certo.

Se você gostou deste post e quer ler mais textos sobre universidades, mercado e carreira, assine nossa newsletter! Receba materiais de qualidade, que farão a diferença na sua trajetória profissional!

Você pode gostar
Enem: entenda definitivamente como funciona e a sua importância
6 dicas para quem realmente quer passar no vestibular!

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This