6 habilidades essenciais de um administrador - Blog da MRH - Carreira, formação e ensino tecnológico no padrão MRH
Carreira

6 habilidades essenciais de um administrador

A grande multinacional, a padaria do bairro, as redes de varejo, confecções, indústrias — o sucesso de todo tipo de empresa está condicionado, interna ou externamente, à atuação de profissionais de administração. Mas o que garante destaque nessa carreira? Quais são as habilidades de um administrador que fazem com que ele alcance resultados extraordinários e seja disputado pelos maiores nomes do mercado? 

Se você ficou curioso para saber, não perca este post! A seguir, falaremos sobre os benefícios da carreira de administrador e quais são as 6 habilidades que o mercado valoriza nesse profissional. Confira!

Entenda quais são os benefícios de investir na carreira de Administração

Como lida com todos os tipos de empresas, o campo de atuação de um Administrador de empresas é extremamente vasto. Essa é, possivelmente, a profissão que mais oferece possibilidades no mercado e por isso sempre está em alta.

Além disso, ser administrador tem outras vantagens: sua formação dá uma visão ampla sobre o funcionamento e as necessidades de um negócio. Isso permite que ele atue tanto como um gestor generalista (em pequenas e médias empresas) ou trabalhe em um departamento específico, de acordo com suas afinidades. 

Nesse último caso, quando resolve atuar em um setor específico, ele é considerado pelo mercado um administrador funcional. É o caso de um Diretor Financeiro, de Marketing, de Produção ou de RH, entre as inúmeras possibilidades. 

Muito além de suas funções, o administrador desempenha determinados papéis dentro de uma companhia. Alguns deles são: 

  • símbolo: representa a identidade da organização, uma personificação de seus valores e características;
  • líder: determina o rumo da organização e responde pelos próprios atos e pelo de seus subordinados;
  • mediador: é a ponte de ligação entre grupos distintos que têm algum tipo de interesse no negócio;
  • coletor: busca informações relevantes para o negócio, dentro e fora da empresa; 
  • disseminador: comunica informações e valores para manter a equipe alinhada à visão da organização;
  • negociador: discute termos até conseguir um consenso benéfico para todas as partes envolvidas;
  • organizador: estabelece a melhor forma e ordem de acontecimentos, aloca recursos materiais e humanos para atingir os objetivos da empresa;
  • solucionador de problemas: identifica ameaças e apresenta soluções;
  • empreendedor: propõe formas inovadoras para alcançar resultados.

Descubra quais são as habilidades de um administrador valorizadas pelo mercado

1. Atuação estratégica

Em um negócio, o administrador estratégico é aquele que consegue solucionar os dilemas atuais ao mesmo tempo que mantém em vista, atua e prepara a organização para o futuro.

Dessa maneira, ele cria as condições necessárias para o crescimento da empresa. Sabe implementar um plano de negócios efetivo por meio de uma gestão eficiente no dia a dia. Profissionais com essa característica sempre têm lugar garantido no mercado.

2. Comunicação clara e persuasiva

O administrador funciona como o GPS de uma organização. É seu papel definir não só o destino, mas principalmente a sua trajetória.

Para isso, ele precisa ter a habilidade de se expressar de forma clara e persuasiva para interagir de forma produtiva com seus stakeholders. Convencer acionistas, negociar com fornecedores, conquistar clientes — tudo isso exige grande habilidade de comunicação. 

Além disso, ele precisa se comunicar com seus funcionários. Uma diretriz clara é essencial para que os colaboradores saibam o que, como e quando fazer. Isso evita uma série de erros que podem comprometer o resultado da companhia.

3. Clareza para tomar decisões difíceis

A maioria das pessoas prefere fugir de circunstâncias que envolvem conflitos, a atuação sob incerteza ou a necessidade de avaliar fatores críticos. Apenas um grupo pequeno se sente desafiado e estimulado por essas situações — esses podem ser administradores.

Ainda mais nos dias de hoje, a administração exige uma boa dose de ousadia mesclada à responsabilidade. As empresas que continuarem da forma como são dificilmente sobreviverão a um mercado tão competitivo e inovador. Elas precisam se reinventar.

O administrador não pode apenas seguir esse fluxo de mudança: ele precisa liderá-la. Por isso, ele precisa ter uma visão clara, capacidade de analisar dados com rapidez e prever cenários, além da coragem para tomar decisões difíceis, mas necessárias. 

4. Capacidade de aprender com os próprios erros

O erro faz parte da vida de todo profissional e da trajetória de qualquer organização. A única diferença é que o administrador de sucesso extrai lições desses episódios, fazendo deles uma fonte de aprendizado.

Os erros permitem que o administrador:

  • reconheça suas lacunas de conhecimento e competências;
  • busque aprender para evitar esses mesmos erros;
  • conheça melhor como funcionam seus processos, sua equipe e o mercado;
  • encontre uma alternativa para abordar o desafio de forma mais madura e precisa.

Embora as organizações precisem de muitos acertos para lucrar e sobreviver, alguns erros fazem parte desse processo. Quando eles acontecem, o administrador deve ter humildade suficiente para reconhecê-los e aprender com eles.

5. Motivação e desenvolvimento de pessoas

Hoje em dia, as organizações esperam que os líderes participem do trabalho junto aos seus liderados.

No entanto, por mais que as organizações estejam mais horizontais e o administrador precise colocar a “mão na massa”, ele ainda vai depender das pessoas para atingir grande parte dos resultados que deseja. 

Seu papel é basicamente estratégico, e não operacional. Por isso, ele precisa ter habilidade para desenvolver seus funcionários, auxiliá-los a progredir tecnicamente e também motivá-los para que tenham o desejo de atuar com excelência. 

O administrador precisa agir como um verdadeiro mentor da equipe: ele apresenta um projeto, inspira uma visão, delega responsabilidades e acompanha o desempenho individual e do grupo.

Nesse processo, ele oferecerá orientações e suporte para enfrentar as dificuldades. Acompanhará o passo a passo de cada colaborador, identificando qualidades e apontando falhas e alternativas para desenvolver os recursos humanos.

Ao final de cada projeto, o administrador alcança não só o resultado que a empresa deseja: ele “entrega” uma equipe mais preparada e competente, capaz de levar a companhia a um nível superior de performance e excelência.

6. Atualização permanente

Por melhores que sejam os resultados obtidos por um administrador hoje, um bom profissional sabe que o mercado está em constante evolução. Os métodos eficientes agora podem não ser mais adequados para atingir as metas amanhã.

Por isso, ele está em busca de atualização permanente. Faz isso por meio da consulta a fontes confiáveis e aposta em estudos constantes para melhorar sua performance profissional.

Além disso, o administrador de sucesso sabe que precisa investir em estudos ao longo de toda a carreira. Ele sabe que o conhecimento oferecido por cursos sólidos promovidos por instituições reconhecidas é essencial para atualizá-lo a respeito das melhores práticas no mundo dos negócios.

Um exemplo é a pós-graduação em Administração da FGV, oferecida pela MRH. Ela tem uma abordagem prática, pois seus docentes são profissionais de destaque e atuantes no mercado, que trazem essa experiência para o currículo do curso.

E você, já possui todas essas habilidades de um administrador? Quer saber como pode aperfeiçoar suas competências e se destacar no mercado? Então assine a nossa newsletter e receba conteúdos relevantes para o seu sucesso!

Você pode gostar
Como conseguir um estágio? Confira 6 segredos para ter sucesso na busca!
Carreira de sucesso: 10 passos para conquistar destaque profissional

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This