Cursinho: consigo passar no vestibular sem fazer um? - Blog da MRH - Carreira, formação e ensino tecnológico no padrão MRH
Formação

Cursinho: consigo passar no vestibular sem fazer um?

Os cursinhos preparatórios são de grande ajuda para quem quer passar no vestibular. Mas será que essa é a única maneira possível? Nem todo mundo consegue pagar um ou ter tempo para se dedicar aos que são presenciais. Por isso, é interessante buscar opções de estudo por conta própria.

Há uma série de hábitos e técnicas que ajudam muito na hora de conseguir manter o foco e ficar por dentro de todas as disciplinas que serão cobrados no vestibular — mesmo sem estar matriculado em nenhum cursinho.

Quer saber como? O post a seguir é um guia completo para quem quer se manter no páreo por uma vaga em uma universidade pública. Confira!

Foque nos seus pontos fracos

Todo mundo tem dificuldades específicas dentro do âmbito escolar. Você pode até não ir mal naquelas disciplinas, mas tem uma habilidade menor do que em outras de sua preferência. Saber identificar e trabalhar em cima disso é fundamental para se fortalecer para o vestibular.

Parta do pressuposto de que você tem condições de ir bem nas suas matérias favoritas. Dessa forma, você precisa se dedicar mais ao que não domina ou tem dificuldades, certo? Sendo assim, trabalhe intensamente para corrigir isso e equilibrar suas capacidades.

Estude com vigor as disciplinas que você não domina muito para superá-las e se mostrar com plena capacidade de lidar bem com a suas exigências no vestibular. Esse foco extra permitirá que você esteja bem preparado até mesmo acerca dos assuntos e matérias que não são o seu forte.

Tenha máxima disciplina nos estudos

O cursinho é de grande ajuda quando o assunto é manter o aluno dentro de uma ambiente que preza pela disciplina e foco nos estudos. Às vezes é mais difícil encontrar esse estado de concentração e dedicação em casa e por conta própria, mas será necessário que você supere esses desafios diariamente.

Tenha sempre em mente que a preparação para um vestibular é árdua e requer muita dedicação. Assim, você poderá entregar toda sua energia e capacidade intelectual para os estudos. Passar no vestibular é o seu objetivo, não é? Então lembre-se disso e se esforce para alcançar sua meta.

Livre-se de fatores que te distraem

TV, videogame, redes sociais, smartphones ou qualquer outra coisa do tipo devem ser evitadas no momento de estudar. Deixe para usá-los quando for a hora de relaxar. Lembre-se que o seu esforço deve ser do tamanho do seu objetivo. Descansar é essencial, mas mantenha as prioridades e a disciplina com os estudos.

Elabore um plano de estudos eficiente

O aluno matriculado no cursinho se depara com uma programação perfeita, muito bem desenvolvida para que ele tenha acesso aos principais conteúdos que serão cobrados no vestibular. Nada falta durante seus meses de preparação, o que permite que ele evolua diariamente e equilibre os seus conhecimentos.

Estudar por conta própria exige que o candidato busque um planejamento engenhoso de todos os assuntos que serão cobrados nas provas para não ficar no prejuízo.

Divida as matérias pelos dias da semana

Como o conteúdo provavelmente será extenso, é muito interessante que você o divida de uma forma que, ao final de um mês, a sua respectiva meta tenha sido cumprida.

Foque cada dia da semana em 1 ou 2 disciplinas, você escolhe. Defina quais assuntos você abordará durante as horas de estudo, direcionando cerca de 2 horas para cada tema, pois mais que isso será cansativo. Essa organização permitirá que você acompanhe seu desenvolvimento e não deixe nada passar despercebido numa abordagem de assuntos relevantes.

Aproveite ao máximo as aulas na escola

É importante sempre lembrar que os conteúdos cobrados no vestibular são justamente os que são vistos durante o ensino médio, especialmente no terceiro ano do segundo grau, fase em que muitos dos candidatos estão na época de inscrições para vestibulares.

Se esse for seu caso, dê o máximo de foco que puder ao que você vê dentro da sala de aula. De nada adianta estudar horas em casa se na própria escola a sua concentração não é adequada. As matérias escolares serão cobradas na prova e provavelmente terão um peso grande no dia do exame.

Como você não estará em um cursinho, é muito importante extrair o máximo das explicações de um professor, e o melhor momento a se fazer isso é na escola. Certamente ele estará disponível para te ajudar!

Use técnicas de estudo eficientes

É importante fazer com que seus esforços nos estudos sejam os mais precisos possíveis. Isso pode ser obtido por meio de técnicas eficientes que potencializem o seu poder de absorção e compreensão das disciplinas. Elas garantem que você tenha um rendimento melhor no conteúdos.

A autoexplicação, por exemplo, é uma técnica que ajuda muito na compreensão do conteúdo. Produzir fichamentos ou mapas mentais também pode ser muito útil, pois quando o aluno escreve ou desenha o que acha mais importante do conteúdo — escrito ou de vídeo —, a chance de fixação da matéria é muito maior.

Esses recursos potencializam a capacidade de trabalho do seu cérebro, melhorando fatores importantes, como a memorização e a capacidade de dissertar acerca dos temas que estão sendo estudados.

Busque conteúdo gratuito na internet

Atualmente é possível encontrar muitos materiais gratuitos na internet que são desenvolvidos justamente para servir como apoio aos estudantes que se preparam para o vestibular. Os professores que oferecem esses conteúdos, muitas vezes, são os mesmos que dão aulas nos cursinhos.

E-books, exercícios resolvidos, videoaulas e simulados: tudo isso é facilmente encontrado, mas é necessário ter cuidado ao verificar a qualidade desses materiais. Busque sites e canais conceituados e que costumam ser recomendados para quem está focado no vestibular.

Há também uma série de apps que disponibilizam esse tipo de conteúdo, seja com questões de provas passadas, ou até mesmo corrigindo redações. O avanço da tecnologia está ao lado daqueles estudantes que não podem ou optaram por não pagar um cursinho.

Universidades privadas são boas opções

Quem não conseguir a aprovação em uma universidade pública, terá nas particulares uma ótima opção de ensino, com infraestrutura adequada e professores com ampla experiência no mercado.

É importante lembrar também que há programas como o Fies, de financiamento de estudos e o ProUni, que permitem que o aluno bem colocado no Enem consiga bolsas até integrais em universidades privadas. Há sempre boas opções para iniciar os estudos no ensino superior.

Agora que você já sabe como passar no vestibular sem fazer cursinho, que tal deixar nos comentários alguma outra dica para quem estuda por conta própria? Não deixe de comentar!

Você pode gostar
Gestão de projetos: entenda tudo sobre a área e a profissão
Qual área de formação devo escolher?

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This