Saiba como se preparar para o vestibular em 6 passos - Blog da MRH - Carreira, formação e ensino tecnológico no padrão MRH
Formação

Saiba como se preparar para o vestibular em 6 passos

Todo cuidado e dedicação são necessários ao se preparar para o vestibular em busca da graduação. O período que antecede as provas é fundamental para que o aluno chegue pronto e em ótimas condições de brigar pela sua vaga.

Para isso, a atenção com detalhes no cotidiano e também com mecanismos que facilitem os estudos são de extrema importância. Muitas vezes, esses pequenos pontos são decisivos na hora de conseguir a sonhada aprovação.

O post a seguir trará 6 passos para uma preparação adequada para o vestibular, abordando tópicos que vão desde o próprio estudo em si até cuidados com a saúde física e mental. Continue a leitura para saber mais!

1. Estude por meio de um plano de estudos

A organização e o planejamento são dois fatores essenciais na preparação para o vestibular. O plano de estudos permite que o candidato saiba exatamente o que ele deve estudar em cada mês, em cada semana e em cada dia.

O conteúdo cobrado nos vestibulares é extenso e abrange um material visto no ensino médio e em toda a vida escolar do aluno. Isso deixa claro que o fluxo de assuntos e disciplinas é alto, o que exige uma organização eficiente para que a única preocupação seja estudar.

Além disso, o plano de estudos permite que o candidato não se esqueça de se dedicar a nenhum assunto importante, algo que pode facilmente acontecer caso não haja essa organização prévia.

Montando o plano de estudos

O plano de estudos deve organizar quais assuntos precisam ser vistos, separando-os pelos meses. Depois disso, há uma espécie de afunilamento, e esses temas devem ser distribuídos por semana. Em seguida, cada um deles deve ser planejado para ser estudado em um dia diferente, separados por disciplina.

Por exemplo, o estudante precisa estudar ortografia. Ele planeja esse tema para o mês de agosto, na semana 1. Cada dia da semana deve ter o foco para uma ou duas disciplinas. Sendo assim, o aluno planejará o estudo de ortografia para a primeira semana de agosto, na segunda-feira (ou para o dia em que o foco é língua portuguesa).

2. Cuide da sua saúde para ter bom desempenho

Praticamente tudo na vida está ligado a boas condições de saúde. Se algo está errado, fica difícil ter foco, concentração e energia para se dedicar a alguma coisa. Com os estudos é o mesmo e, se tratando de vestibular, essa saúde é ainda mais necessária.

O ritmo de estudos é bem puxado, exigindo muito da saúde do aluno. Qualquer tipo de descuido pode diminuir a capacidade de dedicação, influenciando em fatores como cansaço, sono em excesso, falta de concentração e podendo resultar até mesmo em outras doenças.

Tenha uma dieta equilibrada

Muito da saúde está diretamente ligado a bons hábitos alimentares. Portanto, certifique-se sempre de ter uma dieta balanceada, equilibrando proteínas e vegetais, sem exagerar no açúcar e em alimentos gordurosos.

No dia a dia, comidas pesadas podem levar mais tempo para serem digeridas, ocasionando na famosa preguiça, que é grande inimiga do rendimento nos estudos.

Durma 8 horas por noite

O sono é um dos grandes responsáveis pelo bom funcionamento do corpo. Dormir bem permite que o estudante consiga se manter firme na jornada de estudos, que muitas vezes dura o dia inteiro.

Sendo assim, jamais troque o dia pela noite! Dedique-se aos estudos, mas não avance a madrugada debruçado sobre conteúdos. Caso contrário, você não terá a concentração necessária para o dia que está por vir, e o resultado será um rendimento ruim.

3. Pratique a teoria que você estuda

O que é a teoria sem a prática? A única maneira de dominar bem um conteúdo é combinando a leitura com exercícios focados nos assuntos. Rigorosamente em todas as disciplinas se faz necessário esse hábito frequente.

Para que ele seja eficaz, busque conteúdos voltados ao vestibular. Eles oferecem questões nos moldes das que são cobradas nas provas, com enunciados mais complexos, que exigem atenção.

Você pode fazer os exercícios ao final de cada dia de estudo ou separar um dia na sua semana para isso. O ideal é fazer testes para verificar como você reagiu melhor e, em seguida, encaixar no seu cronograma.

4. Use técnicas de estudo

Sabe aqueles macetes que o seu professor do primário ensinava para que você pudesse memorizar nomes difíceis? Eles são realmente de grande importância durante os períodos de estudos para o vestibular, assim como outras técnicas. Veja a seguir as mais usadas atualmente.

Autoexplicação

Essa técnica consiste na atividade de explicar algum tema para si próprio. Ela se torna eficiente porque, nesse momento, o estudante precisa pensar no conteúdo de forma independente, criando teorias para dar essa “aula”. Isso o ajuda a compreender melhor o tema.

Fichamentos

Os fichamentos permitem que o estudante tenha registrado aquilo que ele julga como mais relevante dentro de um assunto. Para isso, sempre que estiver estudando, reserve um momento para fazer anotações manuscritas de dados que achou mais importantes dentro do conteúdo.

Mapas mentais

Pegue o conteúdo e comece a desenhar uma série de quadros com flechas ligando um ao outro. Dentro desses quadros, escreva palavras-chave relacionadas ao tema que você está estudando, sempre sendo direcionado, por meio das flechas, para outros quadros em que as outras palavras tenham relação direta.

Esses mapas serão de muita ajuda para que você crie uma estrutura geral e consiga se lembrar de pontos importantes do conteúdo. Após montar o mapa, passe um tempo olhando para ele e tentando entendê-lo. Isso fará com que você fixe a imagem na cabeça e não a esqueça mais.

5. Foque na redação ao se preparar para o vestibular

A redação é uma parte muito importante das provas de vestibular e que costumam derrubar muita gente. Com o preparo ideal, você conseguirá ser um dos candidatos que passará por ela ileso e com uma ótima nota.

Para isso, pratique bastante! Esteja sempre atento ao que professores dizem acerca de temas que provavelmente serão abordados naquele ano e, com base nisso, escreva redações dentro dos padrões cobrados nas respectivas provas. Também é importante ler muito sobre esses assuntos e se manter antenado.

Para ajudar a se inspirar, busque na internet as redações que obtiveram as melhores notas nos anos anteriores. Elas serão ótimos modelos para você saber como um texto é bem visto pela banca avaliadora.

6. Estude sempre em local adequado

O momento de estudar requer sempre o máximo de foco e concentração. Isso está diretamente ligado ao local em que você estuda, então, é necessário fazer uma escolha em que você não seja distraído por nenhum fator externo.

Além disso, é importante que esse local tenha uma boa cadeira, mesas e ventilação adequada. Caso contrário, você terá uma série de coisas te atrapalhando e, desse modo, é difícil manter o foco nos estudos.

Se na sua casa não for possível encontrar essas condições, verifique a possibilidade de estudar na casa de parentes, na escola ou até mesmo em bibliotecas públicas. O importante é ter foco e concentração, sem que nada atrapalhe.

Com esses cuidados e todo panejamento, o sucesso estará mais próximo! Agora que você já sabe como se preparar para o vestibular, nos siga no Facebook para estar sempre por dentro de mais posts como este! Grupo Mrh Gestão | MrhFacine | MrhTech

Você pode gostar
Como economizar dinheiro para investir na Graduação em 6 Passos
8 habilidades profissionais que todo gestor financeiro precisa ter

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This