6 conselhos para otimizar os estudos em sala de aula - Blog da MRH - Carreira, formação e ensino tecnológico no padrão MRH
Formação

6 conselhos para otimizar os estudos em sala de aula

A educação abre muitas oportunidades na vida, não é mesmo? Com a ajuda de graduações e cursos,auxiliados por programas de financiamento estudantil e bolsas, por exemplo, você pode conseguir bons empregos e conquistar seus objetivos. Mas, para isso, é preciso muita dedicação e esforço. Afinal, a concorrência é sempre alta e é necessário aprender uma grande quantidade de conteúdos para estar um passo à frente.

Há muitas medidas que você pode aplicar para facilitar sua aprendizagem. Muita coisa está envolvida em um bom desempenho. Com as táticas certas, dá para estudar bem e manter uma boa rotina. Ficou interessado em aprender algumas dicas para otimizar os estudos? Confira o nosso post e entenda!

Qual a importância do bem-estar para se sair bem nos estudos?

Sabe o quanto é importante estar bem fisicamente e mentalmente para ter bom desempenho nos estudos? Quando você tem qualidade de vida, é muito mais fácil se empenhar, se concentrar e obter resultados efetivos nas suas atividades. Dá para conseguir se sair melhor nas notas e concursos, pois, dessa forma, é possível realmente focar e aprender.

Isso envolve não só um bom estado psicológico, mas também físico. Assim, relaxamentos, uma boa alimentação, a prática de exercícios físicos e alongamentos são fundamentais. Com eles, você alcança mais qualidade de vida, o que influencia diretamente no seu desempenho.

Por que é fundamental conhecer seus limites físicos e psicológicos para estudar?

Conhecendo bem seus limites físicos e psicológicos, é possível se administrar para aproveitar ao máximo as suas potencialidades. Dá para, por exemplo, estabelecer o horário de estudos na hora em que você tem mais disposição e rendimento.

Além disso, ao ter uma boa noção do que te impede de estudar, é possível se esforçar para evitar esses problemas. Ler a matéria ao chegar com cansaço e estresse do trabalho pode ser difícil, mas, talvez após alguns alongamentos, você se sinta bem o suficiente para se dedicar aos livros e apostilas.

A concentração nas aulas é fundamental também. Assim, sua capacidade de aprender melhora e os conhecimentos ficam na ponta da língua para as horas em que for pegar nos livros por conta própria. Ou seja, otimizando os estudos em aula, dá para poupar esforços quando fizer suas revisões individuais.

Como otimizar os estudos dentro e fora da sala de aula?

Continue acompanhando e veja dicas para tornar suas horas de estudo mais rentáveis e positivas, seja no momento de aprendizado com professor em sala de aula ou quando se está estudando sozinho.

1. Faça anotações durante a aula

Anotar o que é dado em aula é importante porque ajuda a memorizar os conteúdos e também facilita as horas de estudos posteriores. Não é só escrever o que está no quadro, mas também aquilo que é falado durante a aula expositiva. Os professores trazem uma série de informações preciosas que não estão nos livros e que vem da experiência da profissão.

Se você anotar, seu cérebro vai gravar melhor o conteúdo e vai ser muito mais fácil estudar sozinho depois. Dá para juntar as informações dos cadernos e dos livros, o que facilita o seu entendimento e te dá um conhecimento mais completo da matéria.

2. Pratique os conteúdos com exercícios

Fazer exercícios sobre o assunto estudado é a melhor estratégia para verificar quais conhecimentos você conseguiu reter. Realizar atividades permite a prática dos conteúdos, articulando o entendimento da teoria com a aplicação dela. Dessa forma, é possível realmente aprender a matéria.

Você pode usar apostilas e textos da escola ou do curso, mas também buscar materiais diferentes para treinar mais. As bibliotecas estão cheias de livros alternativos que podem ser uma boa chance de se aprimorar. Além disso, na internet é possível encontrar material bastante diversificado sobre as mais diversas áreas de conhecimento.

3. Faça resumos e esquemas

Além dos exercícios, outra estratégia interessante para estudar é fazer resumos e esquemas da matéria. Assim, dá para trabalhar os conceitos e se apropriar do conteúdo. Você pode colocar os itens da forma que fica mais fácil para aprender: com tabelas, numeração de tópicos etc.

Com isso, é possível sistematizar bem os tópicos mais importantes da disciplina e organizar o seu pensamento. Essa estratégia permite entender melhor os conteúdos e memorizar o que é mais importante.

4. Esclareça suas dúvidas

Certamente quando você faz exercícios ou lê a matéria, algumas dúvidas podem aparecer. É muito importante anotá-las e perguntar para o professor durante ou após a aula. Outra alternativa interessante é pedir ajuda para alunos que estão entendendo melhor o conteúdo.

Às vezes os professores não têm tempo de abrir um momento da aula para questões ou você se sente pouco à vontade com eles. Se esse for o seu caso, procure o apoio dos colegas. Lembre-se de que ter dúvidas é um bom sinal: isso indica o desenvolvimento de um raciocínio sobre a matéria.

5. Mantenha o celular desligado durante os estudos

O celular é uma grande fonte de distração na hora de estudar. Mensagens, WhatsApp, e-mails, Facebook estão sempre se atualizando. São fotos, vídeos e novidades o tempo todo, o que acaba prendendo a atenção e atrapalhando a concentração nos estudos. Mesmo que você não pare de estudar para conversar com os colegas ou ver alguma mídia nova, o interesse, a curiosidade e a vontade de ver as postagens ou recados aparece.

A dica é manter o celular desligado durante suas práticas escolares. Ou você pode guardá-lo em algum lugar que fique distante do local em que está fazendo suas revisões. Se está estudando na mesa, que tal colocar o celular no guarda-roupa fechado? Se estiver na escola, dá para deixá-lo guardado dentro da bolsa.

6. Aproveite os intervalos

No curso ou na escola, sempre há intervalos entre as aulas. Isso é muito importante, porque precisamos de descanso para manter um bom desempenho. Ninguém consegue manter o foco e a concentração por muitas horas diretas de estudo. Assim, aproveite as pausas para lanchar, conversar com colegas, caminhar um pouco, ouvir uma música e se descontrair.

O mesmo vale para os estudos individuais. Nunca mantenha muitas horas de atividades ininterruptas. Faça intervalos para relaxar e pensar em coisas diferentes da matéria. Assim, quando você retorna, tem mais disposição e energia para se dedicar.

Nada melhor do que estudar para alcançar oportunidades de sucesso. Neste post, trouxemos uma série de dicas para otimizar os estudos e, com isso, melhorar o seu desempenho.

Lembre-se de cuidar do seu bem-estar físico e mental, pois ele é muito importante para ter um bom rendimento. Além disso, você pode também tirar dúvidas, fazer resumos e esquemas, anotar tudo o que for importante na aula e desligar o celular na hora de se dedicar aos livros, para manter uma boa concentração. Saiba também aproveitar os intervalos e diferentes fontes de aprendizado!

E então? Gostou das nossas dicas para otimizar os estudos? Aproveite e siga a gente no Facebook para estar atualizado sobre mais posts como este!

Você pode gostar
Evite estes 5 erros mais comuns ao escolher um curso
Qual é o perfil do aluno que faz ensino médio junto com ensino técnico?

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This